Siga-me pelo e-mail

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Empréstimo ou financiamento?

Olá pessoal, estive com essa dúvida por muito tempo...e o conselho é o seguinte....analise com cuidado as opções e veja qual se encaixa melhor no seu plano de vida, e na suas finanças.

Estive por muito tempo tentando entrar no plano Minha Casa Minha Vida do governo, mas esse plano está paralizado até o novo mandato da presidenta eleita, e sabe-se lá Deus quando ele voltará...
No início ele é tudo de bom...se vc ganha pouco, eles te dão o  subsídio, mas se vc ganha mais de 2 salarios mínimos a coisa começa a ficar difícil...são inúmeras exigências, dentre elas vou citar algumas:

- Vc tem que abrir conta na CEF, e depositar logo de cara R$ 300,00.
- Vc tem que ter carteira assinada.
- Se for para construção, como no meu caso, tem que ter o terreno no seu nome, ou pegar o financiamento para Aquisição do terreno e construção, ou seja, tem que pegar muito dinheiro emprestado.
- Se for apartamento, é um pouco mais fácil, porque a planta do local não interfere, mas mesmo assim o imóvel tem ser novo, nunca antes habitado.
- Se for casa, esta deve estar de acordo com o projeto da Caixa, com os recuos e as medidas padrão, além de ter que ser nova também, ou seja é difícil achar uma casa nestes moldes.
- Além disso tudo, demora séculos pra eles avaliarem o imóvel que vc tem em vista, daí outra pessoa vai lá e compra, como aconteceu comigo quando eu estava interessada em comprar um Ap.
Resumindo, se vc tem pressa pra ter seu imóvel, não tente entrar nesse plano Minha Casa MInha Vida, mas se vc não tem data pra isso, procure se informar direitinho, participe das reuniões obrigatórias que acontecem na caixa, eles só dão informações nessas reuniões...então vá a uma AGencia da Caixa próxima a sua casa e se informe quando ocorrem as reuniões.

Quanto ao empréstimo...acabei optando por fazer ele porque os juros ficaram praticamente a mesma coisa que se fosse um financiamento comum, sem ser pelo plano que eu falei acima. Entretanto o empréstimo também tem suas exigências, por exemplo:
- Eu precisei de um avalista que tivesse imóvel.
- Também tive que abrir uma conta na Caixa, pra poder pagar com débito automático as parcelas, mas não tive que depositar R$ 300,00.
- Outro detalhe, é que peguei um empréstimo para compra de material de construção, ou seja não peguei dinheiro, peguei um cartão de débito no valor X que eu vou passando nas lojas credenciadas e vai debitando até acabar todo o montante que eu peguei emprestado. Desvantagem: mão-de-obra por exemplo, eu tenho que continuar pagando com meu dinheiro, porque o cartão só ser para materiais de construção...armários embutidos, louças sanitárias, vidraçaria, tudo o cartão cobre também. Esse cartão se chama Construcard...é bom vcs se informarem direitinho também pra vê se compensa pra vcs e se encaixa na sua precisão do momento.
No mais é isso, é analisar o plano que você tá entrando, porque em alguns casos é plano pra vida toda...até 30 anos... ok.
Até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário