Siga-me pelo e-mail

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

17 semanas

As mudanças físicas, hormonais, psicológicas e sociais são tão rápidas que nem tá dando tempo de pensar em acostumar com elas.
A gravidez mexe tanto com a gente que gera um monte de expectativas sobre o que vem pela frente: é o parto (que não consigo decidir normal ou cesáreo), é a saúde bebê (que preocupa tanto), é o trabalho é a vida a dois (que vão ser três) e isso com certeza deixa até a mulher mais estável e mais calma do mundo com um monte de preocupações -"Como vai ser depois que o bebê nascer?"
Ora fico muito feliz, me achando o máximo por estar gerando uma vida dentro de mim, que depende de tudo que eu faça ou coma, e ora eu fico ansiosa, preocupada e até um pouco angustiada de pensar o tanto de coisa que pode acontecer pra estragar essa felicidade toda.

Bom, para amenizar esse turbilhão de emoções e me acalmar um pouco eu procuro conversar bastante com outras grávidas, com amigas que acabaram de ganhar neném, olho por horas um monte de sites sobre gravidez e aí acabo constatando que todos esses sentimentos e preocupações são comuns desses seres "estranhos" que são as grávidas, rsss.
Acho importante a gente conversar bastante sobre tudo isso, desabafar com uma amiga, com o marido ou namorado, com o próprio médico ou até mesmo escrever assim que nem eu faço pra estravasar um pouco. Com certeza alivia bastante - palavra de grávida de 1ª viagem. Além disso temos que nos concentrar em coisas mais alegres, como as compras por exemplo, que sempre faz bem e é divertido, mas não esqueça de convidar seu paceiro para esse momento também porque pra ele a gravidez é algo ainda abstrato e ele precisa se envolver mais com o bebê e com você também.
Uma coisa que ajuda muito também nós dois a passar esse momento são os filmes, tenho uma lista ótima e super divertida que ele vai gostar de assitir com você: Ligeiramente Grávidos, Plano B, Nove Meses, Juntos pelo acaso, Coincidências do amor, Bebê a bordo.

Bom essas são algumas coisas que estou fazendo e que indico a todas as futuras mamães aí do outro lado a fazerem, vocês vão ver como essa alteração de humor vai melhorar. bjuss mamães e papais.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

15 semanas - Mitos e verdades da gravidez

Com hormônios em ebulição, nós futuras mamães precisamos manter a calma para curtir as descobertas desta fase. As obstetras Juliana Bianchi e Maria Cristina Maiolino respondem as questões mais comuns em seus consultórios.
Sexo durante a gravidez faz mal para o bebê?
Mito. “A relação sexual entre os pais deve ser estimulada, já que ajuda a manter a intimidade. Não há nenhum risco de danos ao feto, exceto em casos especiais, como surgimento de sangramento ou contrações, quando deve ser evitada”, diz Juliana Bianchi. Maria Cristina Maiolino ressalta que a gestante deverá encontrar a posição mais confortável para o sexo.
Devo praticar exercícios físicos regulares durante toda a gestação?
Verdadeiro, com restrições. De acordo com Maria Cristina, “as atividades devem ser de baixo impacto, supervisionadas sempre por um profissional especializado. Caso a paciente nunca tenha se exercitado, as atividades físicas devem ser iniciadas após o término do primeiro trimestre de gestação. Hidroginástica, ioga ou pilates são excelentes para trabalhar o corpo e a respiração”. Juliana reforça: “As atividades deixam a mãe mais bem disposta e são muito importantes para o controle do ganho de peso”.
Uma vez cesárea, sempre cesárea?
Mito, com restrições. Para Juliana, este tema merece atenção. “Após um parto cesáreo, é possível dar à luz por vias naturais, sem complicações. No entanto, mulheres que foram submetidas a duas ou mais cesáreas não deveriam eleger o parto normal, já que existe mais de uma cicatriz no útero, aumentando o risco de ruptura”, diz a obstetra.
Inchaço em grávidas é sempre sinal de que a pressão está alta?
Mito. Juliana diz que “o edema, ou inchaço, é bastante comum, principalmente no final da gestação, devido à compressão de uma veia dentro do abdômen. Nem sempre significa que a pressão está alta, mas somente o médico que a acompanha poderá avaliar o caso”. Para amenizar o desconforto, Maria Cristina sugere a drenagem linfática dos membros inferiores e o uso da meia elástica de compressão, que favorece o retorno venoso, atenuando varizes, inchaços e dores nas pernas.

Durante toda a gravidez é proibido tingir ou realizar tratamentos nos cabelos?
Mito. Maria Cristina afirma que “tinturas capilares podem ser aplicadas após o término do primeiro trimestre. O ideal é optar por tonalizantes ou produtos sem presença de chumbo na fórmula. Outros tratamentos, como alisamentos e escovas sem formol também podem ser feitos a partir deste período”.
Depois eu volto com mais mitos e verdades da gravidez. Gostaram?
Eu já estou na 15ª semana, ainda não sei o sexo, mas só de terem passado os enjôos já uma maravilha...porque eu pensei que ia derreter de tanto vomitar,affff o trem ruim.
Nosso bebê está ótimo e de acordo com o guia do bebê deve estar com uns10 cm e pesando uns 50 gramas, tá gordinho né? rsss. Os ossos já estão mais durinhos e os cabelos começam a aparecer...ai que emoção!!!
Se tiver alguma futura mamãe por aí e quiser compartilhar suas emoções fiquem à vontade tá bom? bjuss.